Olá visitante! Efetue o login para acessar sua conta.
Português (Brasil) Inglês (Estados Unidos) Espanhol (Espanha)
Apagar luzes
Acender luzes
Aumentar letra
Diminuir letra
Bulário Eletrônico (bula de remédios)

No bulário eletrônico (banco de dados com bula de remédios) você pode consultar a bula dos remédios e obter informações dos remédios que você compra em farmácias, todas organizadas em tópicos, como:

  • Apresentação, formas ou formulações dos remédios;
  • Composição - ingredientes e suas dosagens;
  • Informações ao paciente - como cuidados de armazenamento, prazo de validade;
  • Farmacocinética - o metabolismo do remédio no organismo;
  • Indicações e Contra indicações - condições em que pode ser usado ou deve ser evitado;
  • Precauções - cuidados a serem tomados durante o uso;
  • Gravidez - informações relacionadas ao uso durante a gestação e lactação;
  • Interações - dados sobre o uso concomitante com outras substâncias;
  • Reações adversas - efeitos colaterais possíveis ou esperados;
  • Posologia - dados sobre a dosagem e os intervalos de administração;
  • Supersodagem - sobre o uso excessivo ou em altas doses;
  • Informações adicionais;

Para pesquisar por uma bula, digite o nome do medicamento clique em "Pesquisar":

Lista de bula de remédios em ordem alfabética:

Deseja consultar o Preço do medicamento Ovidrel ou semelhantes antes de fazer a compra na farmácia?
Para ver o preço, escolha uma das opções abaixo:

Ovidrel - Bula

Bula do remédio Ovidrel. Princípios ativos Alfacoriogonadotropina e hCG recombinante (r-hCG).

Indicações de Ovidrel

OVIDREL é administrado para induzir a maturação folicular final e a luteinização, após a estimulação do desenvolvimento folicular em mulheres submetidas às técnicas de reprodução assistida (TRA). OVIDREL também é utilizado para induzir a ovulação e a luteinização em mulheres anovulatórias ou oligo-ovulatórias, após a estimulação do desenvolvimento folicular.

Efeitos Colaterais de Ovidrel

Síndrome de hiperestimulação ovariana, vômitos e náuseas (de forma dose-dependente). Gravidez ectópica, torção do ovário e outras complicações são consideradas decorrentes das técnicas de reprodução assistida. Comuns: Reação/dor no local da injeção; cefaléia, astenia; náuseas/vômitos, dor abdominal; síndrome de hiperestimulação ovariana ligeira a moderada.

Pouco comuns: Depressão, irritabilidade, agitação; diarréia; síndrome de hiperestimulação ovariana grave, mastalgia.

Como Usar Ovidrel (Posologia)

O conteúdo de uma seringa pré-enchida de OVIDREL (250 microgramas) deve ser administrado 24 a 48 horas depois de se ter alcançado uma estimulação ótima do desenvolvimento folicular.

Advertências e Precauções

Antes de iniciar o tratamento, a paciente deve ser avaliada quanto a hipotireoidismo, insuficiência da supra-renal, hiperprolactinemia e tumores do hipotálamo ou hipófise. Precauções especiais devem ser tomadas para mulheres com doença sistêmica clinicamente signif icativa, em que uma gravidez possa levar a um agravamento da situação. O tratamento
com OVIDREL pode aumentar o risco de "síndrome de hiperestimulação ovariana" (OHSS), sendo o sintoma mais comum a dor abdominal. Esta pode ser evitada suspendendo a administração de hCG e a paciente não deve ter relações sexuais durante, no mínimo, 4 dias, ou utilizar um método contraceptivo de barreira. A freqüência de gestações e nascimentos
múltiplos é aumentada em pacientes submetidas a este tratamento e está relacionada com o número de embriões transferidos. O risco de desenvolvimento de OHSS ou de gestação múltipla é reduzido se for utilizada a dose recomendada de OVIDREL, e houver cuidadoso monitoramento ecográfico e dos níveis de estradiol. A taxa de aborto, tanto em pacientes
anovulatórias como em mulheres submetidas a TRA, é superior à que se verifica na população normal, mas comparável às taxas observadas em mulheres com outros problemas de fertilidade. Durante a terapêutica com OVIDREL, é possível ocorrer uma ligeira estimulação da tireóide. A auto-administração de OVIDREL deverá ser unicamente efetuada por pacientes
adequadamente treinadas e com recomendações de um especialista. Após a administração, OVIDREL pode interferir, até 10 dias, na determinação imunológica do hCG sérico/urinário, levando a falsos resultados positivos de testes de gravidez.

Apresentação

OVIDREL 250 mg/0,5 ml: 1 seringa pré-enchida pronta para uso.

Para uso subcutâneo
Uso adulto

Composição

OVIDREL 250 mg/0,5 ml: 1 seringa pré-enchida pronta para uso contendo 250 microgramas de alfacoriogonadotropina em 0,5 ml de solução.

Conservação

OVIDREL 250 mg/0,5 ml: Solução injetável em seringa pré-enchida: Deve ser conservado sob ref rigeração (2°C a 8°C). Mantenha o medicamento em sua embalagem original. A seringa com solução injetável pode ser armazenada a uma temperatura de até 25°C por, no máximo, 30 dias. Caso o medicamento não seja usado dentro de 30 dias, a solução deverá ser
descartada.

Contraindicações

OVIDREL não é indicado nos casos de: tumores do hipotálamo e da hipófise;
hipersensibilidade à substância ativa ou aos excipientes; hipertrofia ou cistos ovarianos que não sejam originários da doença do ovário policístico; hemorragia ginecológica de etiologia desconhecida; carcinoma ovariano, uterino ou de mama; gestação extra-uterina nos últimos 3 meses; alterações tromboembólicas ativas; ou em situações onde uma resposta efetiva não
possa ser obtida (falência ovariana primária, malformação dos órgãos sexuais incompatíveis com a gravidez, pós-menopausa).

Laboratório

Serviço de Atendimento Serono: 0800-113320.

Registro no M.S. 1.1124.0222.

Serono Ltda.

Atenção: as informações sobre os remédios que estão contidas no bulário eletrônico devem ser utilizadas apenas como referência. Sempre dê preferência à bula que acompanha seu remédio e somente utilize remédios após consultar um profissional de saúde!
Atendimento ao cliente
Atendimento ao cliente
Offline
Sobre o QR Code
Contato para parceria
Parceiros
Site: crm.org.br Site: portalsaude.saude.gov.br Site: SUS Site: www.brasil.gov.br