Olá visitante! Efetue o login para acessar sua conta.
Português (Brasil) Inglês (Estados Unidos) Espanhol (Espanha)
Apagar luzes
Acender luzes
Aumentar letra
Diminuir letra
Bulário Eletrônico (bula de remédios)

No bulário eletrônico (banco de dados com bula de remédios) você pode consultar a bula dos remédios e obter informações dos remédios que você compra em farmácias, todas organizadas em tópicos, como:

  • Apresentação, formas ou formulações dos remédios;
  • Composição - ingredientes e suas dosagens;
  • Informações ao paciente - como cuidados de armazenamento, prazo de validade;
  • Farmacocinética - o metabolismo do remédio no organismo;
  • Indicações e Contra indicações - condições em que pode ser usado ou deve ser evitado;
  • Precauções - cuidados a serem tomados durante o uso;
  • Gravidez - informações relacionadas ao uso durante a gestação e lactação;
  • Interações - dados sobre o uso concomitante com outras substâncias;
  • Reações adversas - efeitos colaterais possíveis ou esperados;
  • Posologia - dados sobre a dosagem e os intervalos de administração;
  • Supersodagem - sobre o uso excessivo ou em altas doses;
  • Informações adicionais;

Para pesquisar por uma bula, digite o nome do medicamento clique em "Pesquisar":

Lista de bula de remédios em ordem alfabética:

Deseja consultar o Preço do medicamento Metformina ou semelhantes antes de fazer a compra na farmácia?
Para ver o preço, escolha uma das opções abaixo:

Metformina - Bula

Bula do remédio Metformina.

Indicações de Metformina

Adjuvante da dieta do controle de diabetes insulinoindependente (tipo II) quando o regime alimentar sozinho não permite a normalização do peso e/ou glicemia. É também indicado para complementar a insulinoterapia em diabetes insulinorresistentes.

Efeitos Colaterais de Metformina

As reações adversas mais comuns com o uso da Metformina são as perturbações do trato gastrintestinal como náusea, vômito, diarréia e desconforto abdominal, além de mal-estar e hiperventilação. Esses efeitos ocorrem em aproximadamente 10 a 30% dos pacientes e raramente perduram apenas nos primeiros dias do tratamento. Isto pode ser evitado ou minimizado iniciando-se o tratamento com uma dosagem mais baixa e ingerindo a droga durante ou após às refeições. Caso ocorram estes sintomas descritos, que precedem a acidose láctica, interromper o tratamento e avisar o médico. A acidose láctica, às vezes fatal, foi associada ao tratamento com a Metformina, porém, quase todos os casos relatados envolviam pacientes com contra-indicação ao tratamento ou com ingestão de doses excessivamente altas. Anorexia (perda de peso), muitas vezes usadas como justificativa para associá-la com a insulina. Ocasionalmente podem ocorrer reações cutâneas e gosto metálico.

Como Usar Metformina (Posologia)

A dose usual é de 1 comprimido (850 mg), 2 vezes ao dia, às refeições, esta dose pode ser paulatinamente aumentada até no máximo 3 comprimidos ao dia, a critério médico. Os comprimidos devem ser ingeridos com auxílio de água, logo após uma das refeições. Superdosagem: a superdosagem pode levar em conseqüência à acidose láctica. Neste caso recomenda-se o tratamento com bicarbonato de sódio e tratamento de apoio intensivo. A hipoglicemia pode requerer a administração de glicose.

Contra-Indicações de Metformina

Hipersensibilidade às biguanidas ou a outros componentes da fórmula; gravidez; diabetes insulinodependente; insuficiência renal; orgânica ou funcional; mesmo moderada; insuficiência hepática; acidose láctica; alcoolismo agudo ou crônico; qualquer situação médica aguda, tais como, colapso cardiovascular; insuficiência cardíaca congestiva, infarto do miocárdio, cirurgia ou septicemia; estados doentios que podem estar associados com hipoxemia; complicações agudas (vômitos ou diarréia) que provavelmente resultam em desidratação e azotemia pré-renal. Além desta, outras condições que predispõem à acidose láctica.

Precauções

Metformina, embora em menor proporção que a outra biguanida, pode provocar acidose láctica como efeito secundário, devido à gravidade deste quadro, recomenda-se que sejam rigorosamente seguidas as indicações para seu uso. No caso de ocorrer sintomas que precedem a acidose láctica, tais como: náuseas, vômito, hiperventilação, mal-estar ou dor abdominal, deve-se imediatamente interromper o tratamento e avisar o médico. Idosos (acima de 65 anos) requerem acompanhamento médico. - Interações medicamentosas: cimetidina: pode ocorrer redução do clearance da Metformina. Anticoagulantes cumarínicos: aumento da excreção dos anticoagulantes. Álcool, barbitúricos, salicilatos e fenotiazinas potencializam o risco de acidose láctica quando utilizados concomitantemente com a Metformina. Drogas com efeitos hiperglicemiantes (corticosteróides, tiazídicos, anovulatórios, etc.) podem modificar a evolução do diabetes e requerer ajuste da dosagem ou associações com outros agentes hipoglicemiantes (sulfoniluréias ou insulina). A Metformina dificulta a absorção de muitos fármacos, incluindo a vitamina B12.

Apresentação

Caixa com 30 comprimidos.

Composição

Cada comprimido contém: cloridrato demetformina 850 mg. Excipientes: polivinilpirrolidona, celulose microcristalina e estearato de magnésio.

Laboratório

Lab. Neo Quím. Com. e Ind. Ltda.

Atenção: as informações sobre os remédios que estão contidas no bulário eletrônico devem ser utilizadas apenas como referência. Sempre dê preferência à bula que acompanha seu remédio e somente utilize remédios após consultar um profissional de saúde!
Atendimento ao cliente
Atendimento ao cliente
Offline
Sobre o QR Code
Contato para parceria
Parceiros
Site: crm.org.br Site: portalsaude.saude.gov.br Site: SUS Site: www.brasil.gov.br